Projeto leitura literária e contação de histórias nas escolas

PROJETO LEITURA LITERÁRIA E CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NAS ESCOLAS

 

O “Projeto Leitura Literária e Contação de Histórias nas Escolas”, sob a coordenação da Profa. Ilsa Goulart, marca presença nas comemorações da Semana da Criança em várias escolas da rede municipal e estadual de ensino da cidade de Lavras e cidades vizinhas, com o espetáculo teatral “Dona Baratinha”.

O projeto tem por propósito desenvolver atividades de leitura literária e de contação de histórias com crianças na educação infantil e ensino fundamental I, das escolas públicas ou privadas de Lavras e região, com a finalidade de promover a sensibilidade para a ação leitora e contribuir para o processo de letramento literário das crianças. As ações de leitura e contação de histórias acontecem em forma de espetáculos, organizadas pelos integrantes do Núcleo de Estudos em Linguagens, Leitura e Escrita (NELLE), estudantes do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Lavras.

A turma da Dona Baratinha
A turma da Dona Baratinha visita a escola
Profa Ilsa contando histórias

V Colóquio Teoria Crítica e Educação

V COLÓQUIO TEORIA CRÍTICA E EDUCAÇÃO

O evento “V COLÓQUIO TEORIA CRÍTICA E EDUCAÇÃO: Projeto Cinema Com Vida (2008-2018) – uma década de experiência estética na formação docente”, contará com a presença de estudiosos de instituições de ensino do Estado de São Paulo e de Minas Gerais. Do dia 17 a 20 de setembro, por meio de mesas redondas, minicurso, lançamento de filme, e debates no Anfiteatro do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras, a quinta edição deste evento comemora os 10 anos do Projeto Cinema Com Vida, que estuda a arte cinematográfica como experiência fundamental na formação estética de professores e futuros professores.

O objetivo deste colóquio é se constituir como um espaço público de debate sobre a formação estética e ética de professores, num momento histórico e social de muitos desafios para o exercício da docência. Afinal, ao mesmo tempo em que as pessoas olham para suas telas eletrônicas, repletas de imagens audiovisuais velozes e espetaculares, desacostumam-se de olhar pacientemente para a materialidade do mundo externo e para si mesmas. Sem se deterem sobre tal materialidade, as pessoas aficcionadas pelas telas tendem a reproduzir diante delas o comportamento automatizado típico das formas de trabalho alienado do modo de produção capitalista. Com isto, elas também tendem a refletir e dialogar cada vez menos umas com as outras acerca dos efeitos que a intensificação do fluxo das estimulações audiovisuais produzem nos seus sentidos e em suas relações sociais.

Ao reconhecerem que tal situação se intensifica enquanto aumenta o discurso depreciativo do que é público, se acirram tanto a concorrência de todos contra todos quanto a obsessão pelo atendimento de metas em prazos cada vez mais curtos, que não admitem o questionamento dos seus próprios fins, os organizadores do V Colóquio consideram que um dos maiores desafios educacionais é o fortalecimento da capacidade de cada uma das pessoas de focar sua própria atenção. O que pressupõe a valorização de espaços públicos de discussão e trabalhos voltados para o bem comum, únicos capazes de conter a sanha do mercado de trabalho capitalista, que subordina tudo e todos ao princípio do ter e do fazer sempre mais que outros, apesar de todas as implicações destrutivas disto para a vida em geral.

Para as discussões previstas ao longo do referido evento, um dos autores de referência será o filósofo T. Adorno, para quem “As obras de arte são o lugar-tenente das coisas não desfiguradas pela troca, do que não está atravessado pelo benefício e pela falsa necessidade da humanidade humilhada” (Adorno, 2016, p.337).

Programação
Programação
Mesa do Evento

Formação docente

Curso de extensão A formação docente no movimento reflexivo e discursivo da prática pedagógica

 

Durante os meses de fevereiro e março, o Núcleo de Estudos em Linguagens, Leitura e Escrita – NELLE, em parceria com a Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Lavras e o Departamento de Educação, ofereceu um curso de extensão aos professores da Escola Municipal José Luiz de Mesquita, atendendo também aos profissionais da rede particular de ensino da cidade de Lavras e aos graduandos da Universidade Federal de Lavras.

Cursistas

O curso de extensão A formação docente no movimento reflexivo e discursivo da prática pedagógica, sob a coordenação da Profa. Ilsa do Carmo Vieira Goulart, foi dividido em seis encontros ministrados pelas professoras Adriana Pryscilla Duarte de Melo, Dalva de Souza Lobo, Flávia Aparecida Mendes de Oliveira Cruz, Ilsa do Carmo Vieira Goulart, Josiane Marques e Luciana da Silva Soares.

Os encontros tiveram o objetivo de propiciar um espaço de discussão e reflexão sobre a prática pedagógica, subsidiados pela concepção de linguagem na interatividade e interdiscursividade.

O trabalho com a formação continuada considera que a ação do professor não se encontra em um espaço da neutralidade, o fazer docente age em uma esfera da complexidade e da amplitude das relações humanas, isto porque se “não posso ser professor se não percebo cada vez melhor que, por não poder ser neutra, minha prática exige de mim uma definição. Uma tomada de posição. Decisão. Ruptura. Exige de mim que escolha entre isto e aquilo”, conforme nos mostra Paulo Freire.

Tecer e coser histórias

Teve início no mês de junho o curso Linguagem, Leitura e Literatura Infantil: na arte de tecer e coser histórias

O Curso é uma iniciativa do NELLE – Núcleo de Estudos em Linguagens, Leitura e Escrita e conta com a participação de professores do município de Lavras e estudantes do curso de Pedagogia da UFLA.

Livro sapinho
Participantes do curso

Além das temáticas Linguagem, Leitura e Literatura Infantil, Concepções de leitura, Literatura na Educação Infantil e Práticas de leitura como um processo de produção de sentidos, os cursistas terão a oportunidade de confeccionar um livro em tecido com a artista e professora de corte e costura Regina Vilas Boas.

Participantes do curso

 

Curso de extensão leitura literária e contação de histórias com dedoches

CURSO DE EXTENSÃO LEITURA LITERÁRIA E CONTAÇÃO  DE HISTÓRIAS COM DEDOCHES

 

Aconteceu  entre  os  dias  25 de  maio  a  29 de junho de 2018, o Curso de extensão “Leitura literária  e contação  de  histórias  com  dedoches”,  organizado  pelo Núcleo de Estudos em Linguagens,  Leitura  e  Escrita  –  NELLE,  sob  a coordenação  da  Professora  Ilsa do Carmo Vieira Goulart.

 

Turma que realizou o curso de dedoche

 

O curso teve como objetivo estudar a concepção de leitura literária e a arte de contação  de histórias,  com  a  finalidade  de  discutir  as práticas  de mediação da leitura proporcionada pela atuação do professor-contador de histórias a partir de recursos como fantoches. Contou  com  a  presença  de  estudantes  do curso  de Pedagogia da UFLA, do Programa de Pós-graduação   em  Educação  da  UFLA,   monitores  de  CEMEI,  professores  da  Educação Infantil e do Ensino Fundamental I, bibliotecários.